27 de set de 2011

Por que foi necessária a morte de Cristo?



O sacrifício redentor de Cristo na cruz é uma consumação da aliança entre Deus e o povo de Israel.
No AT havia sacrifícios de animais. Por que? Havia uma aliança (pacto de fidelidade) entre Deus e o povo de Israel.
A fidelidade do povo era ser fiel à Lei.
A expiação era necessária para redimir o povo das faltas, um vez por ano.
Na arca da aliança estavam os sinais da fidelidade de Deus. Sobre a arca, o propiciatório entre dois querubins; ali era o local da presença de Deus.
No dia do Yom Kippur (dia da expiação) o sacerdote sacrificava as vítimas e aspergia o sangue em expiação da infidelidade do povo no propiciatório.
Assim, a presença de Deus Santíssmo sobre a arca imaculada purificava o povo de sua infidelidade (pecados).

Mas... os profetas foram percebendo que o sangue de bois e bodes não era suficiente... e tinha que sempre ser repetido.
Os profetas foram alertando para a insuficiência do culto no AT.

Para que a aliança fosse realmente colocada em prática e a aliança se efetivasse, era necessário um coração novo (Ezequiel) - a promessa (profecia) de um coracão capaz de cumprir a Lei!
Em Jesus Cristo, a profecia se realiza. O Filho do Homem que realiza a Lei plenamente, perfeitamente.
São Paulo: "Deus destinou NSJC como instrumento de propiciação por seu próprio sangue". Ou seja, Jesus tomou o lugar do propiciatório da arca da aliança, Deus presente.
E qdo Jesus derrama seu sangue na cruz, ocorre o sacrifício propiciatório perfeito, o homem puro e imaculado toma sobre si todos os nossos pecados, não mais apenas simbolicamente ou de forma ritual, mas real.
A miséria humana toca a pureza infinita e esta purifica a humanidade.

Bento XVI em seu livro Jesus de Nazaré: Jesus se faz o propiciatório da aliança e realiza a expiação da humanidade.

Fonte:
http://www.pr.gonet.biz/kb_read.php?pref=htm&num=652

http://padrepauloricardo.org/audio/11-a-resposta-catolica-por-que-foi-necessaria-a-morte-de-cristo/


Obs: Atualmente o segundo volume do livro "Jesus de Nazaré", do Papa Bento XVI, já possui tradução para o português e pode ser encontrado em diversas livrarias do Brasil, inclusive aqui em João Pessoa.