23 de dez de 2010

Em pleno Natal, comunidade no Orkut repudia Jesus Cristo. “Liberdade de expressão” ou afronta a Fé?

Reprodução da página do Orkut (Foto: Reprodução)

Às vésperas do Natal, data em que se comemora o nascimento do Jesus Cristo, uma comunidade na rede social Orkut ganha força e já conquistou mais de 34,2 mil seguidores. O nome dela? ‘Jesus devia ter apanhado mais’. A página na internet chama o filho de Deus de ‘frouxo’ e questiona a existência de Cristo. Em Alagoas, a Igreja Católica prefere não discutir a qualidade do material disssiminado pela rede mundial de computadores, mas lembra que apenas uma ‘pessoa má é capaz de refutar a mensagem do bem que Cristo trouxe para o mundo’. 

A comunidade não exibe o seu criador, mas detalha que ela foi criada em 28 de setembro de 2004 aqui no Brasil e já possui 34.261 adeptados. Como mensagem inicial, a página apresenta a frase ‘Ele veio para pagar os nossos pecados e não apanhou nem 5 minutos!’. 

A comunidade também chama Cristo de ‘homem frouxo’ e repudia o fato de ela já ter sido destruída anteriormente por duas consecutivas. ‘Depois de uma campanha terrorista e de mais de 5 mil denúncias, nossa segunda comunidade foi deletada. Novamente a liberdade de expressão foi violada, mas voltamos ainda mais fortes. Mais de 11 meses e nenhum castigo divino! Ele deve ter ficado com medo de mim”, diz outro texto de apresentação. 

O ‘dono’ da comunidade diz ainda que ‘é livre a manifestação do pensamento’. 

E, dentro dessa comunidade, existem ainda outras que também praticam o preconceito contra Jesus Cristo: ‘O Cristiano fracassou’ e ‘Malhem Jesus, não Judas’



Fonte: Blog Carmadélio


_____________________________________


Isso é um infeliz!! Olha só onde a criatura humana chega...
liberdade de expressão? a conversinha é essa! 
Feliz Natal para você seu infeliz..
Desejo que Jesus tenha misericórdia da sua infeliz vida, e que você tenha uma experiência com Deus como a de São Paulo: "Eu lhe mostrarei tudo o que terá de padecer pelo meu nome" (Atos 9,16) 

Pax!